By / 12th Janeiro, 2018 / Sem categoria / No Comments

O Tico-Tico é uma ave muito adaptativa, vista em locais urbanos e também rurais, muita das vezes pode ser confundido com os pardais. Sua alimentação é bem simples, composta por sementes, brotos, frutas, insetos (besouros, formigas, grilos, cupins alados e larvas). Costuma frequentar comedouros com sementes e quirera de milho e é bem socializável com as pessoas, ou seja, não se afugenta com a presença humana.

Esta ave aparece em todas regiões do Brasil, exceto em áreas  da floresta amazônica. Apesar de ser uma ave extremamente comum, tem se notado que em certos lugares o tico tico tem ficados mais raro, às vezes sumindo de certas áreas, talvez devido aos predadores e ao parasitismo do pássaro Vira-bosta, que utiliza o ninho de Tico-tico para colocar seus ovos que serão futuramente chocados e cuidados pelo casal de Tico-tico.

Recentemente um registro fotográfico muito interessante foi realizado, o fotógrafo Jalmirez José da Silva, friburguense e montanhista, registrou um Tico-tico na  neve na Bolívia, veja a matéria completa a seguir:

07/07/2016 08h42 – Atualizado em 07/07/2016 09h32

Tico-tico é registrado na neve por montanhista brasileiro na Bolívia

A imagem foi feita em Huayna Potosí por Jalmirez José da Silva, montanhista e fotógrafo da natureza.

Tico-tico (Zonotrichia capensis) na neve (Foto: Jalmirez da Silva/ Vc no TG)
Tico-tico é clicado na neve por montanhista brasileiro em Huayna Potosí (Foto: Jalmirez da Silva/ Vc no TG)

Jalmirez José da Silva, de 57 anos, é montanhista e fotógrafo de natureza. O esportista, que é formado em Engenharia Florestal, escala montanhas desde os 12 anos e já percorreu alguns países para praticar a modalidade favorita.

Em 2014, o montanhista foi à Bolívia escalar a montanha Huayna Potosí a 6 mil metros de altitude, na região do Condoriri. E também desceu de bicicleta a famosa Carretera de La Muerte. Nessa aventura gelada, Jalmirez da Silva, fez o registro inusitado de um tico-tico na neve a 4.750 metros de altitude.

tico-tico Bolívia (Foto: Jalmirez da Silva/ Vc no TG)

Eu já sabia da existência deles nos campos de altitude da Argentina, Bolívia e do Peru por tê-los visto em documentários junto a lhamas, mas não esperava encontrá-los tão alto e tão à vontade na neve”, conta o fotógrafo.

No Brasil, o tico-tico é comum de ser avistado em quintais e áreas abertas. Além do clique da ave nas alturas, Jalmirez conseguiu fotografar a espécie empoleirada na grade no Estádio Nacional em La Paz, também na Bolívia.

O passarinho já foi fotografado por ele em Nova Friburgo (RJ), onde mora. Espécies como o beija-flor-de-fronte-violeta, jacuaçu, bico-de-lacre e um filhote de corujinha-da-mata também foram registradas no local.

Aves Nova Friburgo (RJ) (Foto: Jalmirez da Silva/ Vc no TG)
Bico-de-lacre, jacuaçu, filhote de corujinha-da-mata e beija-flor (Fotos: Jalmirez da Silva/ Vc no TG)
Fonte:
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/terra-da-gente/vc-no-terra-da-gente/noticia/2016/07/tico-tico-e-registrado-na-neve-por-montanhista-brasileiro-na-bolivia.html
http://www.wikiaves.com.br/tico-tico

Deixe um comentário